Os cruzeiros estão de volta!

Vocês viram a reportagem que saiu recentemente no site Brasilturis sobre as expectativas para a temporada nacional de cruzeiros? Que notícia bacana, né?

Após a interrupção inesperada da temporada 2019/2020 por conta do Covid-19 e da paralisação dos embarques em 2020/2021, as empresas já anunciam o retorno das operações. No Brasil, os primeiros navios começarão a zarpar no último trimestre, o que anima tanto o trade quanto os consumidores.

Segundo dados registrados no estudo de perfil e impactos econômicos, desenvolvido pelo braço nacional da Associação Internacional de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), na temporada 2019/2020, o segmento de cruzeiros foi responsável pela movimentação de R$ 2,24 bilhões. Apesar de ter sofrido com a redução de embarques, o período registrou crescimento de 7,6% em relação ao anterior.

Mas a boa notícia vem com o avanço do cronograma de vacinação que, combinado aos protocolos rígidos desenvolvidos pelos associados, permitem à Clia vislumbrar um cenário otimista para a próxima temporada. Resultados de uma pesquisa da Oxford Economics mostram que o segmento estará recuperado até 2024.

Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil, reforça o diálogo constante da associação com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), destacando que a situação é bem diferente da que se viu no ano passado. “A queda no número de casos no exterior permitiu a retomada na Europa, Caribe e Estados Unidos e, em breve, teremos navios aqui no Brasil. A previsão é que a gente esteja muito melhor com este avanço”, complementa.

Para que a previsão de início da temporada se confirme, é necessário que a Anvisa autorize as atividades do segmento. “A gente comunga com o mesmo propósito que é a segurança. Estamos com uma negociação muito bacana, mas tudo depende do cenário epidemiológico. Ainda temos tempo, visto que a temporada só começa em novembro, mas estamos otimistas com esse novo momento de operação no verão do hemisfério norte e pretendemos aproveitar bem o nosso verão também”, estima Marco.

O Brasil terá sete navios, com o primeiro chegando em 31 de outubro, em Fortaleza (CE), seguindo para o sul do País para iniciar as operações. As demais embarcações chegarão até dezembro, sendo que o último aporta na costa brasileira para o cruzeiro de Natal, e todos ficam até 19 de abril.

A notícia completa você pode ver no site: https://brasilturis.com.br/todos-a-bordo-hora-de-navegar/

Facebook
Twitter
Email
Print
Últimos Artigos
pt_BRPortuguese