Primeira edição do Rio Montreux Jazz Festival na América Latina acontece no Pier Mauá

Evento terá mais de 40 atrações nos Armazéns 2 e 3 e outras espalhadas pela cidade

O Montreux Jazz Festival, criado em 1967, na cidade que leva o mesmo nome, vai acontecer de 6 a 9 de junho pela primeira vez na América Latina, no Pier Mauá, seguindo os mesmos moldes da programação variada que acontece na Suíça.

Festival_International_de_Jazz_de_Montréal_2 Montreux Jazz Festival na cidade da Riviera-Suíça

A programação do Rio Montreux Jazz Festival vai ocupar diferentes pontos da capital fluminense, com o melhor da música e cultura em atrações pagas e gratuitas. O objetivo é estimular o acesso à atmosfera vibrante e criativa da arte que tornaram o Festival conhecido mundialmente.

No Pier Mauá, o Rio Montreux Jazz Festival ocupará três palcos – nomeados em homenagem a grandes estrelas da música brasileira: Ary Barroso, Tom Jobim e Villa-Lobos -, com capacidade para receber até seis mil pessoas, por dia de evento. Além dos shows, o público terá área de convivência com bares e food trucks.

Além da programação de shows no Pier Mauá, a boa música vai ocupar a cidade em outros cinco palcos gratuitos. No Parque Madureira estará o Palco Pixinguinha, com área para receber um público de até cinco mil pessoas. Em outros quatro pontos da cidade estarão os palcos Montreux Urbano. A iniciativa quer estimular o acesso à cultura e incentivo às novas revelações da música brasileira.

Cartaz Marcello Serpa - Montreux Jazz Festival 2Evento acontecerá em três palcos no Pier Mauá e em cinco palcos, gratuitos, espalhados pela cidade

O Rio Montreux Jazz Festival é apresentado por Mastercard, através da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, e pela Claro. O evento tem apoio do Fairmont Rio de Janeiro Copacabana. A produção geral tem assinatura da Dream Factory, Gael e MZA Music.

Sobre o Montreux Jazz Festival

Criado em 1967, o Festival acontece na cidade suíça de Montreux, com 25 mil habitantes, vista para os Alpes e às margens do lago Leman. Por ano, recebe cerca de 250 mil pessoas para acompanhar os shows e programações culturais que acontecem durante as duas semanas de festa.

Nos seus mais de 50 anos de história, o Montreux Jazz Festival se diversificou e passou a incorporar novos ritmos, gêneros e linguagens artísticas. Em seus palcos se apresentaram grandes nomes da música mundial como: Nina Simone, Ray Charles, Miles Davis, Adele, Stevie Wonder, Prince, Pharrell Williams, David Bowie, Phil Collins, entre outros.

Em 1978, aconteceu a primeira participação de artistas brasileiros no Montreux Jazz Festival, graças ao incentivo do produtor musical Marco Mazzola, que intermediou essa aproximação com Claude Nobs, idealizador do Festival. O primeiro nome da música nacional a se apresentar em Montreux foi Gilberto Gil, que tocou em uma noite brasileira, que ainda teve nomes como a banda A Cor do Som e Silvinho. Desde então, a participação de ícones da música brasileira no Festival se tornou constante. O público assistiu shows memoráveis de Elis Regina, Hermeto Pascoal, Chico Buarque, Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Milton Nascimento, Gal Costa e outros nomes da música nacional.

Para mais informações e programação completa do evento acesse o site www.riomontreuxjazzfestival.com.br

Facebook
Twitter
Email
Print
Últimos Artigos
pt_BRPortuguese